Notícias

Flux RSS
 
A bioMérieux investe no futuro do diagnóstico de urgência

Marcy l’Etoile, França - 15 de Abril de 2005. Líder mundial na área do diagnóstico in vitro, com mais de 40 anos de experiência nas doenças infecciosas, a bioMérieux SA confirmou recentemente o seu compromisso na área do diagnóstico de urgência pela sua presença no 25º Colóquio Internacional sobre os Cuidados Intensivos e a Medicina de Urgência (ISICEM) que decorreu em Bruxelas de 21 a 25 de Março de 2005.

Após a assinatura, a 1 de Março de 2005, de um acordo com a empresa alemã de diagnóstico BRAHMS sobre o desenvolvimento de um teste quantitativo para o doseamento da procalcitonina, a bioMérieux vai continuar a investir no diagnóstico de urgência, desenvolvendo tecnologias inovadoras, e insistindo sobretudo sobre o diagnóstico molecular.

Os testes de diagnóstico in vitro baseiam-se na análise de uma amostra biológica efectuada no paciente (urina, sangue, expectoração, etc.). Combinados com os antecedentes médicos e com o exame clínico do paciente, os resultados destes testes permitem obter informações capitais, ajudando os médicos a tomar as decisões que se impõem (internamento, isolamento, escolha do tratamento, seguimento terapêutico, etc.).

Os produtos de diagnóstico da bioMérieux fornecem resultados rápidos que permitem tomar as medidas necessárias em áreas como as doenças cardiovasculares, as tromboses, as septicémias, as infecções nosocomiais, etc.. Nos serviços de urgências, os resultados dos testes de diagnóstico biológico ajudam os médicos a identificar os pacientes que precisam de cuidados de urgência (“triagem”). Nos serviços de cuidados intensivos, o seguimento diagnóstico dos pacientes em fase crítica contribui para garantir a eficácia terapêutica e a identificação precoce da evolução do estado dos pacientes (“monitoring”).

A gama actual dos produtos bioMérieux para o diagnóstico de urgência engloba testes rápidos para os D-dímeros (trombose), os marcadores cardíacos, um teste de diagnóstico molecular em três horas para os enterovírus (meningite), etc. A bioMérieux propõe igualmente sistemas completamente automatizados de hemocultura e de identificação e de antibiograma (ID/AST) destinados à detecção de agentes infecciosos em menos de 24 horas. Além disso, a tecnologia ID/AST da bioMérieux integra um programa informático especial que permite detectar com precisão os mecanismos de resistência, ajudando assim a orientar a escolha terapêutica e a reduzir o consumo de antibióticos.